1º Simpósio Internacional sobre Multilinguismo no Ciberespaço

5081__29Pode a sociedade do conhecimento dar-seao luxo de não ser multilíngue?

Multilinguismo e ciberespaço hoje

Barcelona, 29-30 de setembro de 2009

Linguamón – Casa das Línguas e Maaya, a Rede Mundial para a Diversidade Linguística, têm o prazer de anunciar que o Simpósio Nacional sobre Multilinguismo e Ciberespaço terá lugar em Barcelona. O evento, que vai indagar se as sociedades do conhecimento podem dar-se ao luxo de não abraçar o multilinguismo, foi organizado tendo em vista discutir as oportunidades e desafios que o ciberespaço coloca para as línguas.

Objectivos

Este Simpósio visa a promover uma plataforma de discussão para especialistas em línguas e a Internet, e a estabelecer as diferentes ações políticas e técnicas necessárias nesse campo. As decisões tomadas serão disponibilizadas às instituições internacionais de governança da Internet.
Os três objetivos principais são:

  1. Conscientizar sobre a importância da promoção de todas as línguas no ciberespaço.
  2. Catalogar recursos existentes para a avaliação da presença de línguas na Internet e identificar lacunas quanto a esse respeito.
  3. Reunir linguistas e especialistas sobre aspectos técnicos da ICT.

Apresentação

O simpósio terá lugar em um contexto de crescente interesse internacional por seu tema, como por exemplo:

Linha de ação C8 da Cupula Mundial sobre a Sociedade de Informação, conduzida pela UNESCO. O trabalho desenvolvido focalizou-se particularmente no progresso feito em termos da presença de línguas no ciberespaço. Como parte da Linha de ação C8, foram usados formulários, em linha, para colher informações completas sobre a matéria em questão, em escala internacional, especialmente em 2008, o Ano Internacional das Línguas. Além disso, a UNESCO está realizando um projeto voltado para a criação e lançamento de uma nova plataforma para facilitar o intercâmbio de informações.

http://itu.int/wsis/c8/index.html

As coalisões dinâmicas do Forum de Governança da Internet (IGF)  organizaram vários grupos de trabalho sobre uma série de questões relacionadas à governança da Internet, inclusive a Coalisão Dinâmica para a Diversidade Linguística (DynamicCoalition for Linguistic Diversity). Coordenada por Maaya, esta coalisão realizou seu primeiro encontro em Hyderabad.

O Forum Internacional sobre Multilinguismo de Bamako (Bamako International Forum on Multilingualism) foi realizado, de 19 a 21 de janeiro de 2009, para discutir o desenvolvimento equitativo de línguas locais, nacionais e internacionais. A diversidade Linguística no ciberespaço foi um dos principais tópicos examinados.

http://www.acalan.org/fr/confeven/forum/forum.php

Os objetivos de Linguamón-Casa das Línguas (http://www.linguamon.cat), instituição catalã criada pelo Governo da Catalunha, são promover a diversidade linguística do planeta. Linguamón procura criar uma nova perspectiva sobre as línguas, retratando-as como uma oportunidade de obter o reconhecimento por parte dos povos do mundo, e fortalecer a presença de todas as línguas, em todas as áreas da vida social, política e econômica, tanto na esfera pública como privada. A economia e a tecnologia são meios potencialmente cruciais para fomentar uma diversidade línguística equitativa.

Organização

Os organizadores de Simpósio são: Linguamón – Casa da Línguas e Maaya, A Rede Mundial para a Diversidade Linguística.
Os membros do Comité Científico do evento são:

Foro

IDEC. Universidade Pompeu Fabra (UPF)
CarrerBalmes 132, Barcelona

Línguas de trabalho

Catalão, Inglês, Francês, Espanhol

Patrocinadores