A proposito

Bamako Conference, January 2009

Maaya serve de plataforma de intercâmbio e cooperação na área de conhecimentos compartilhados, onde a tecnologia oferece um grande potencial para as línguas, mas apresenta também um risco, levado em conta que só uma pequena minoria das 6.000 línguas faladas no mundo está disponível no ciberespaço.

A Rede Maaya foi fundada no contexto da Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação (WSIS), onde a diversidade cultural e linguística no ciberespaço foi identificada como uma das prioridades. Maaya foi criado por iniciativa do Sr. Adama Samassékou, então Presidente da Academia Africano das Línguas (ACALAN), sob os auspícios da União Africana.

Apesar de ter sido criada no contexto da Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação (WSIS), o seu campo de ação não se limita exclusivamente aos assuntos do ciberespaço. Trata-se de uma rede multilateral, envolvendo diferentes protagonistas como a sociedade civil, os governos e as organizações internacionais. Sua missão é valorizar e promover a diversidade linguística como base fundamental da comunicação humana.

Objetivos

  • Incentivar governos e instituições a adotar e implementar medidas que favoreçam um multilinguismo equitativo;
  • Promover uma educação bi- e/ou multilingue baseada na língua materna, em todos os níveis da educação no mundo inteiro a fim de garantir uma igualdade social e entre os sexos;
  • Promover a localização de “software” bem como o acesso de todas as línguas no cyberespaço,
  • Facilitar o empoderamento das comunidades linguísticas no mundo inteiro no desenvolvimento e uso da sua própria língua;
  • Contribuir para criação e intercâmbio de recursos linguísticos;
  • Funcionar como observatório da implementação de políticas linguísticas e servir como centro de referência para projetos de investigação linguística.

Resultados esperados

  • Contribuir para a redução da brecha de conhecimento, através da formulação de programas concretos, específicos e adaptados que sirvam para assegurar o uso das línguas como veículo das culturas do mundo;
  • Implementar parcerias multilaterais no campo da diversidade cultural e linguística;
  • Contribuir para o fortalecimento de diálogo das culturas e civilizações para um mundo de paz e de solidariedade.

Fazer o download da brochura sobre Maaya